Música

André Jamaica

André Jamaica

A Praça Ruy Barbosa, no Centro de Nova Iguaçu, recebe no dia 24 de maio, sexta-feira, às 11h, mais uma atração do Projeto Niterói Além da Ponte, uma iniciativa da Prefeitura de Niterói que tem como objetivo promover o intercâmbio cultural entre os municípios do Estado do Rio de Janeiro. Cantor e compositor, André Jamaica começou a cantar profissionalmente em bares da Baixada Fluminense, região onde nasceu e se criou. Seu repertório, marcado por sambas que falam da mitologia africana, transformam as casas de show por onde se apresenta em verdadeiros "terreiros de Candomblé", religião da qual é fiel seguidor, sem deixar de interpretar compositores consagrados como Cartola, Noel Rosa, Ismael Silva, Candeia, Paulo César Pinheiro, João Nogueira, entre outros. 
 
No início da década de 1990, Jamaica se apresentava no Daniel's Bar, em Nova Iguaçu, e integrou o grupo de teatro "Agito Cultural". Já vivendo em Niterói, assumiu os vocais da banda "Caô  de  Raiz", que ganhou em 2007 os prêmios de melhor banda e melhor música no festival universitário Som da UFF. No ano seguinte, a banda lançou o CD "Só o Caô expulsa o demônio das pessoas", no Circo Voador. 
 
Participando de rodas de samba amadoras na universidade, integrou o conjunto "Feijão de Corda", grupo que comandava rodas de samba na praça da Cantareira e que reunia milhares de pessoas. Nessa época trabalhou também com artistas como Luiz Carlos da Vila, Monarco, Velha Guarda da Mangueira, Wilson Moreira e Jongo da Serrinha. Influenciado por cantores como Mário Reis, Ciro Monteiro, Roberto Silva, Clara Nunes e Roberto Ribeiro, André Jamaica passou a receber inúmeros convites para participar de rodas de samba, popularizando assim sua inigualável voz no mundo do samba carioca. 
 
Em 2009 participou do projeto "Velho Bandido - O Bloco do  Sérgio Sampaio", no Teatro de Arena da Caixa, no Rio, dividindo o palco com Luiz Melodia. Hoje, é vocalista do "Sambalangandã", grupo que realiza no bairro carioca de Santa Teresa, umas das rodas de samba mais concorridas da cidade. No bairro do Engenho do Mato, em Niterói, Jamaica comanda o projeto "Samba de Fé", do Quilombo do Grotão, projeto que valoriza a religiosidade afro-brasileira por meio do samba. Com cinco anos de existência, o "Samba de Fé" homenageia, sempre no primeiro domingo do mês, um Orixá ou Entidade da Umbanda. 
 

SERVIÇO

Niterói Além da Ponte
Amdré Jamaica
Data: 24 de maio, sexta-feira
Horário: 17h

Local: Praça Ruy Barbosa, Centro - Nova Iguaçu
ENTRADA GRATUITA