Música

Kapitú

Kapitú

Parceira do Projeto Niterói Além da Ponte, a cidade de Campos dos Goytacazes recebe na sexta-feira, 28 de junho, às 18h, a banda de rock and blues Kapitu, formada por Yuri Corbal (guitarra e voz), Irlan Guimarães (baixo), Rafael Marcolino (bateria) e Eduardo Matos (guitarra). A apresentação acontece na Praça São Salvador, com entrada franca. 

De início veio a inquietude. Deixando de lado o bate-boca se a cena rocker é boa, péssima ou já deu pro gasto, pra eles o que se via não era suficiente. Trazendo referências diversas do Rock, Blues, R'n'B, o que se ouve é algo maduro ou, pros maiores pessimistas, coerente. Aliás o nome Kapitu não vem à toa, aqui não se tem dependência amorosa, comodismo ou frigidez. Letra e som demarcam liberdade, atitude e pressa por viver. Se um dia a referência do nome da personagem de Assis serviu como tradução ao som dos roqueiros de Niterói-RJ, pra eles, hoje, Kapitu soa quase óbvio. 

Formada em 2008 a banda sempre teve como objetivo trabalhar músicas autorais, e desde então vem gravando e fazendo shows para se estabelecer na cena Rock, cada vez atingindo públicos maiores. Em 2012 a banda foi finalista do WebFestValda, realizado no Circo Voador, e Yuri Corbal levou o prêmio de melhor guitarrista do festival. 

Após 5 anos de trabalho, em 2013 gravaram o primeiro álbum, Utopia. No mesmo ano, a música "Não Deixe Amanhecer" é escolhida como tema da abertura do programa "Rota 51 ICE", apresentado por Bruno de Luca e divulgado pela internet. 

Experimentando novos sons, climas e arranjos, Vermelho, o segundo disco da banda é definitivamente um grande salto na sonoridade da banda. Gravado em 2015, o álbum também conta com as participações especiais de Gê Fonseca nos teclados e Lis Vanelle nos vocais adicionais. O show de lançamento foi realizado em Junho de 2015 no Teatro Popular Oscar Niemeyer, em Niterói-RJ, com a casa praticamente lotada, registrando um dos maiores públicos num show de música autoral neste espaço. 

Em 2017 surge "Cenas do Cotidiano", a primeira música inédita lançada em um single de forma isolada. Inspirada  pelo  momento  social e político em que vivemos, não só em nosso país, mas no mundo de uma forma geral, a Kapitu traz no  instrumental o mesmo peso da letra, que tem como tema principal a violência que nossa sociedade sofre todos os dias. 

SERVIÇO

Niterói Além da Ponte
Kapitu
Data: 28 de junho, sexta-feira
Horário: 18h

Local: Praça São Salvador - Campos dos Goytacases
ENTRADA GRATUITA