Música

Silvério Pontes

Silvério Pontes

O compositor e trompetista Silvério Pontes traz para o município de Resende, parceiro do Projeto Niterói Além da Ponte, um show que tem como inspiração, seu primeiro CD autoral, intitulado "Reencontro". Com uma carreira que já dura mais de 40 anos, Silvério decidiu investir nesse projeto pois não conseguia mais conter a quantidade de melodias que vinham em sua mente. A apresentação faz parte do Projeto Niterói Além da Ponte, que tem como objetivo, promover o intercâmbio cultural entre os municípios do Estado do Rio de Janeiro. 

O evento acontece na Praça do Trenzinho, Campos Elíseos, em Resende, no sábado, 22 de junho, às 11h. 

O tal "Reencontro" é consigo mesmo, com sua criatividade, com suas emoções, com seu talento e toda a sua versatilidade. Se o choro sempre foi o carro-chefe do trabalho de Silvério Pontes, ele puxa um cortejo de ritmos, estilos e gêneros. Diversidade que o compositor e violonista Guinga exalta com empolgação: "Trompete da Cantareira. Flugel do Valonguinho. Cafifa com surdina. Piston com rabiola. Um certo ar de coreto, baile, cortejo, parada de Sete de Setembro, toque de silêncio... Corneta que te quero corneta! Seu Fluminense destinado ao sucesso. Grande artista brasileiro! Você lembra as aves da Ponta d`Areia. Sua música é linda!".  

Seguindo os passos do pai, Silvério Pontes se apaixonou pelo trompete logo na infância. Natural de Laje do Muriaé, interior do Estado do Rio, e nascido em 1970, o músico pegou no instrumento pela primeira vez aos oito anos, para integrar a Lira da Esperança, banda de sua cidade. Aos 17, mudou-se para Niterói, onde se apresentou em diversos bares e eventos. 

Como compositor e instrumentista, ao longo dos anos, teve a chance de tocar ao lado de grandes nomes, como Luiz Melodia, Tim Maia, Ed Motta, Cidade Negra e Elza Soares. Entretanto, foi junto com José Alberto Rodrigues Matos - o Zé da Velha, um dos mais conceituados trombonistas do choro, que Silvério fez sua carreira. A dupla se conheceu na década de 80, mas firmou parceria apenas nos anos 90, após lançamento do primeiro disco juntos, o "Só Gafieira", pela gravadora Kuarup, lançado em 1995. Daí em diante, o duo tocou em vários lugares do Brasil e lançou diversos outros trabalhos. 

SERVIÇO

Silvério Pontes
Data: 22 de junho, sábado
Horário: 11h

Local: Praça do Trenzinho, Campos Elíseos - Resende
ENTRADA GRATUITA